Paranatinga, 26 de Janeiro de 2022

Saúde

Várzea Grande retoma cirurgias eletivas ortopédicas e quer zerar fila

Publicado 15/07/2021 11:42:19


A Prefeitura de Várzea Grande retomou, em maio, as cirurgias eletivas ortopédicas, aquelas que não são de urgência e emergência.

 

As cirurgias encontravam-se represadas  por causa da pandemia da Covid-19. 

 

Segundo a Prefeitura, no total, 361 solicitações aguardavam atendimento. Desde maio, 216 já foram realizadas e o objetovos é de que até o final de agosto ou inicio de setembro a fila de espera esteja zerada 

 

“Estamos avançando em Várzea Grande, não apenas no combate a pandemia da Covid-19, mas em toda a saúde pública, pois temos encontrado respaldo primeiramente em nossos profissionais da área médica e depois em outras esferas do Poder Público do Estado como a Assembleia Legislativa e o Governo do Estado”, disse o prefeito Kalil Baracat. 

 

 

 

O secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, explicou que esta ação de zerar a fila de ortopedia de Várzea Grande é exclusiva da Administração Municipal e é realizada com recursos próprios do Tesouro Municipal e servidores da Saúde Pública Municipal.

 

“Com a pandemia os hospitais referências da Rede SUS de Mato Grosso que atendem a Região Metropolitana com cirurgias ortopédicas eletivas, pararam de atender os pacientes de diversas cidades de Mato Grosso, de outros estados vizinhos e até mesmo países, pois se tornaram referência para atendimento a Covid-19, como a Santa Casa de Misericórdia e o Hospital Estadual Metropolitano", disse.

 

"Várzea Grande já estava com filas acumuladas, então resolvemos nos reorganizar e reestruturar o Hospital e Pronto Socorro. Tiramos a Rede Cegonha de dentro da unidade, e transferimos ela para um novo local, o Hospital Materno Infantil (antigo São Lucas), o que possibilitou a abertura de um novo centro cirúrgico, dentro do Pronto Socorro, para a retomada destas cirurgias", afirmou.

 

"A meta é zerar esta antiga fila, e continuar atendendo as demandas espontâneas que surgem todos os dias, em consequência de quedas, acidentes de motocicletas e automóveis, entre outros casos , sendo a unidade hospitalar porta de entrada às urgências e emergências na Rede SUS sem nenhum custo para os pacientes”, acrescentou o secretário.

 

Entre no grupo do Paranatinga News no WhatsApp e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.