Paranatinga, 30 de Junho de 2022

Saúde

CONTRA RÉVEILLON E CARNAVAL - Decisão tem que ser científica e não política, diz Casa Civil

Publicado 04/12/2021 16:26:39


O secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho se posicionou contrário à realização das festas de Réveillon e Carnaval com promoção de grandes aglomerações nos próximos meses.

 

A discussão está sendo levantada em meio ao avanço da população brasileira contra a Covid-19 e ao fantasma da variante Ômicron, que surgiu recentemente.

 

“Eu sou literalmente contra as festas de Réveillon, Carnaval e grandes aglomerações”, afirmou Carvalho em entrevista ao Midianews.

 

Carvalho afirmou que a liberação é de responsabilidade exclusiva dos prefeitos, mas estes devem se pautar pela ciência, e não tomar medidas “políticas”.

 

 

 

“A responsabilidade é dos municípios e a decisão tem que ser cientifica e não política. Nós temos que ter muita responsabilidade, porque estamos vivendo em um momento muito diferente dos Estados brasileiros e até do mundo como um todo”, afirmou Carvalho. 

 

 

O que peço é que todos os prefeitos tenham a sua responsabilidade no tratamento da saúde e na vida das pessoas que vão estar diretamente envolvida nesses eventos

“Estamos vendo a Europa voltando com uma nova cepa totalmente diferente do que foi no passado. Temos que pensar muito”, completou.

 

Em Mato Grosso, o percentual de vacinados em relação à população total é de 70,6%, conforme o levantamento Consórcio de veículos de imprensa divulgados na quinta-feira (2). 

 

O secretário alertou que as grandes aglomerações, como acontecem nas festas de fim de ano e até da forma como ocorreu nas eleições do ano passado, aumentaram os números da pandemia no Estado. Por isso, fez um apelo aos prefeitos.

 

“O que peço é que todos os prefeitos tenham a sua responsabilidade no tratamento da saúde e na vida das pessoas que vão estar diretamente envolvida nesses eventos”, disse.

 

“Se a gente voltar no tempo, nós sabemos exatamente o quanto aumentou a contaminação após o Réveillon, Carnaval, e se avaliarmos mais um pouco, após as eleições que aconteceram no ano passado. Temos que ter cuidado”, afirmou. 

 

Cuiabá e Chapada dos Guimarães

 

Os prefeitos de Cuiabá Emanuel Pinheiro e de Chapada dos Guimarães Osmar Froner, ambos do MDB, tomaram decisões totalmente diferentes quanto às festividades. 

 

Em Cuiabá estão cancelados eventos públicos de Natal, Réveillon e o Carnaval 2022. A Prefeitura, no entanto, permitiu a realização de eventos privados para a virada de ano.

 

Já em Chapada os eventos poderão ocorrer, e uma festa organizada pela Prefeitura da cidade será anunciada nos próximos dias. As tratativas iniciais são para que a banda de axé Araketu toque no evento da virada do ano.

 

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.