Paranatinga, 30 de Junho de 2022

Regional

Cidades de MT cancelam festas de Réveillon por risco de nova onda da covid

Publicado 05/12/2021 11:08:31


c

Diante do risco iminente de uma nova onda da covid-19, com o surgimento da variante Ômicron que já chegou no Brasil, municípios de Mato Grosso já começaram a se manifestar contrários às festas de final de ano.

Apesar do avanço na vacinação no Estado, alguns gestores temem a nova cepa, que está sendo considerada altamente contagiosa. A Ômicron foi detectada pela primeira vez na África do Sul no final de novembro.

 

 

No Brasil, cinco pessoas já foram detectadas com a variante. Com isso, municípios como Tangará da Serra, Sinop, Rondonópolis e Cuiabá optaram por cancelar os eventos públicos de rua.

 

Outras cidades do Estado ainda estão avaliando o assunto e devem se manifestar nos próximos dias. 

 

Veja lista das cidades:

 

Tangará da Serra

No dia 29 de novembro, a Prefeitura de Tangará da Serra (240 km de Cuiabá) anunciou que não realizará as festividades de Ano Novo e Carnaval 2022.

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Welington Machado Rondon, o risco de nova onda e falta de orçamento são os motivos que levaram ao cancelamento das festas.

"A situação da covid-19, que tem apresentado aumento de contaminação, possibilidade de nova onda, com uma nova variante, e isso nos preocupa, e o segundo ponto é que não há previsão orçamentária para a realização do evento", disse.

Rondonópolis

A Prefeitura da cidade (212 km da Capital) também já anunciou o cancelamento das festividades públicas de Réveillon e carnaval. De acordo com o secretário de Saúde, Vinicius Amoroso, os dois eventos são de grande porte e, por isso, a Pasta considerou que ainda não há condições para esse tipo de festa.

“O uso de máscaras segue sendo obrigatório e o município continua priorizando as campanhas de vacinação que é de suma importância que todas as pessoas se imunizem”.

Sinop

O prefeito de Sinop (500 km de Cuiabá), Roberto Dorner, também optou pelo cancelamento das festas populares. No entanto, as festas particulares de Réveillon estão liberadas.

Para a realização das festas, a Prefeitura determinou que os organizadores respeitem o decreto municipal vigente que exige o uso de máscaras.

Santo Antônio do Leverger

Na manhã de sexta-feira (3), a prefeita de Santo Antônio do Leverger (34 km de Cuiabá), Francielli Magalhães de Arruda Vieira Pires emitiu um decreto onde cancela as festas municipais de final de ano e até o carnaval 2022.

Consta no documento, que as festas privadas estão liberadas, mas somente para público vacinado (que apresente o passaporte da vacina) ou com apresentação do exame PCR.

Cuiabá

Na Capital, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) também cancelou as festividades no âmbito municipal, mas autorizou os eventos particulares para vacinados e aqueles que apresentarem exame PCR negativo.

A definição ocorreu na tarde de quarta-feira (1º), depois de reunião com representantes dos segmentos de eventos, bares, restaurantes e comércio em geral.

 

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.