Paranatinga, 25 de Junho de 2022

Política

Russi lembra viagem ao exterior e defende “passaporte da vacina”

Publicado 13/12/2021 11:40:14


Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Max Russi (PSB) disse ser favorável ao chamado “passaporte da vacina”, que prevê apresentação da carteira de imunização da Covid-19 para frequentar locais com aglomeração de pessoas.

 

Um projeto de lei que está em andamento na Assembleia Legislativa visa proibir a exigência do passaporte em locais públicos e privados de Mato Grosso. O texto foi aprovado em primeira votação e deverá entrar em pauta novamente na próxima semana. Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a obrigatoriedade do documento.

 

Russi apontou que a exigência pode estimular mais pessoas a se vacinarem e assim, por fim a pandemia da Covid-19.

 

“A vacinação é a única forma de diminuirmos a pandemia. Já alcançamos bastante, já estamos falando em nova variante. Uma nova frente de pandemia seria um desastre para economia, pros empregos, e população mais carente, porque é a população mais impactada”, afirmou o presidente do Legislativo à imprensa nesta semana. 

 

 

 

 

A vacinação é a única forma de diminuirmos a pandemia. Já alcançamos bastante, já estamos falando em nova variante

“Temos que fazer o possível para que não voltemos com a falta de leitos de UTI, dificuldades de internação. Todo avanço nesse sentido é importante e eu sou cara que defendo e acredito na vacinação”, completou. 

 

O presidente lembrou que no início de novembro foi a uma viagem à Conferência do Clima, a COP 26, em Glasgow, na Escócia. Antes teve uma agenda na Alemanha, e lá era exigido o passaporte vacinal.

 

“Estive viajando a pouco na conferência do clima, e estive na Alemanha. Lá, você não entra em um restaurante sem a vacinação: ou apresenta a carteira de vacinação, ou não vai almoçar no restaurante na cidade”, revelou. 

 

“Da mesma forma em Glasgow, que todo dia você tinha que fazer o exame antígeno para ficar no país. O Brasil tem que caminhar nessa direção e acabar de uma vez por todas com essa pandemia”, emendou.

 

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, Mato Grosso já possui 67,8% de cobertura da população vacinável. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (9).

 

Fonte: MIDIA NEWS

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.