Paranatinga, 27 de Junho de 2022

Política

PT lança estrela pornô à AL e ex-juiz para federal em MT; veja lista

Publicado 15/04/2022 19:38:06


Da condição de “estrela” de filmes caseiros eróticos, - voltados para maiores de idade - , à pré-candidata a deputada estadual. Essa é a atual situação de Esther Caroline Perralto, de 24 anos, conhecida como “Tigresa Vip” nas redes sociais e em várias plataformas que hospedam filmes pornôs.

É que a jovem desinibida, oriunda do Alta Floresta (803 km de Cuiabá), se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT) e seu nome é apontado como uma das pré-candidatas aptas a disputarem uma das 24 cadeiras na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A legenda, presidida pelo deputado Valdir Barranco tem dois representantes do Legislativo: o próprio Barranco e Lúdio Cabral, ambos candidatos à reeleição.

A definição quanto ao nome de Tigresa e outros pré-candidatos para a Assembleia e Câmara dos Deputados, se deu durante encontro realizado nesta quinta-feira (14) sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT-MT), no, bairro Areão, em Cuiabá. Quem também foi "ressuscitado" no encontro foi o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, candidato derrotado na disputa pela Prefeitura de Cuiabá em 2016 e 2020.

Hoje atuando como advogado, ele deverá disputar uma vaga de deputado federal. Durante o ato, os participantes defenderam que o Partido dos Trabalhadores tem a tarefa de apresentar ao povo trabalhador de Mato Grosso candidatos ao governo do Estado e ao Senado nas eleições de outubro deste ano.

“Essa tarefa se prende ao fato de que o governo Mauro Mendes e os partidos que lhe dão apoio estão totalmente identificados com os interesses de uma minoria de privilegiados, de ricaços, de barões do agronegócio, que fazem de Mato Grosso uma espécie de puxadinho de suas fazendas, ignorando as necessidades da maioria do povo trabalhador do Estado. Mauro Mendes e Bolsonaro são carne e unha, defendendo os interesses dessa minoria de privilegiados. E Mauro Mendes se gaba de não ter adversários, de estar como candidato único ao governo do Estado, de poder vencer por WO”, diz trecho do manifesto aprovado no encontro.

NOMES

Para a disputa do Palácio Paiaguás, sede do Governo de Mato Grosso, o PT lançou os seguintes os seguintes os professores Domingos Sávio da Cunha Garcia  e Reginaldo Araújo. Para o Senado, o nome apontado é do agrônomo James Cabral.

A estratégia de lançar um nome para encabeçar chapa ao Governo do Estado, no entanto, não é consenso dentro do PT em Mato Grosso. É uma hipótese defendida somente por uma ala do partido. No caso do presidente estadual, Valdir Barranco, ele defende um nome forte para garantir o palanque para presidenciável Luiz Inácio Lula da Silva. “Esse nome sairá somente após as reuniões que estão por vir da federação”, pondera o parlamentar.

Para disputar vagas na Assembleia Legislativa, além de Tigresa e dos candidatos à reeleição Valdir Barranco e Lúdio Cabral, foram elencados os seguintes nomes: Professora Graciele (Sinop), Professora Fanise Albuês (Cuiabá) e Eliane Xunakalo (indígena Bakari).

Para a Câmara dos Deputados, em Brasília, os principais nomes apontados no encontro foram do ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, do médico Kleber Amorim (Rondonópolis), Nilton da Fetagri, o professor Adriano Plácido (Lucas do Rio Verde), Leonardo Rondon (Cuiabá) e Jusci Rondon (Cuiabá).

TIGRESA

A filiação de Tigresa Vip ao PT para ser pré-candidata a deputada estadual foi confirmada pelo presidente estadual da sigla, Valdir Barranco e também pelo colega de parlamento, Lúdio Cabral. A trajetória de Tigresa enquanto “pessoa pública” é marcada por polêmicas, preconceitos e críticas, que vieram à tona em 2015, quando ela ainda era uma adolescente com 17 anos e passou a gravar vídeos pornôs que eram exibidos por ela sem qualquer constrangimento.

A jovem era casada com um homem mais velho que também participava das cenas, tanto participando das relações sexuais como filmando a garota transando com outros homens. Naquela época ela foi entrevistada por sites de notícias e blogs e deixou claro que fazia os vídeos pornôs por vontade própria e que mesmo sendo menor de idade, já respondia por si, pois teria sido emancipada.

No direito brasileiro, a emancipação é o ato legal que faz com que pessoas se tornem capazes na esfera civil antes de completarem 18 anos.

Desde então, a jovem continua gravando suas aventuras sexuais com diversos parceiros, nos mais diferentes e inusitados lugares. Os vídeos são divulgados em plataformas de vídeos na internet e largamente compartilhados em aplicativos como WhasApp. Ela tem vídeos gravados em diversos locais públicos, incluindo rodovias, matagal e locais fechados como casas e quartos de motéis que a mostram mantendo relações sexuais ou se masturbando.

Em vídeos publicados na internet, Tigresa afirma que seu trabalho não é somente tirar a roupa e fazer cenas de nudez. “Eu protesto por todos que não tem coragem de reagir porque estou cansada de pagar impostos e ver as estradas esburacadas, ver faltando remédio nos hospitais, ver faltando merendo escolar, estou cansada de muita coisa, por isso eu protesto”, diz a jovem.

 

Fonte: Folha Max

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.