Paranatinga, 09 de Agosto de 2022

Política

Mendes diz que primeira-dama terá semanas difíceis pela frente

Publicado 30/05/2022 19:53:02


O governador Mauro Mendes (União) confirmou em entrevista que o quadro de saúde da primeira-dama Virgínia Mendes é delicado e que as próximas semanas serão "difíceis" por conta do tratamento de saúde que iniciará.  No domingo (29), o Jornal A Gazeta divulgou que Virgínia passará por uma cirurgia nos próximos dias para iniciar um tratamento de saúde em São Paulo.  

 

"Esse ano, infelizmente, por problemas de saúde que ela tem tido nos últimos meses, ela tem ficado um pouco afastada, mas Deus sempre tem olhado por ela. Ela vai ter aí ainda algumas semanas difíceis, mas vamos superar, tenho fé em Deus. E ela vai estar sempre do meu lado, no meu coração, cumprindo o papel de primeira-dama, ajudando na área social e cuidar de pessoas”, disse Mauro Mendes em uma entrevista na última sexta-feira (27) em Pontes e Lacerda (448 KM a oeste de Cuiabá).  

 

 

Mendes estava cumprindo agenda na região oeste do Estado. Porém, teve que retornar para Cuiabá após a primeira-dama ter passado mal em sua residência.  

 

Virgínia Mendes compartilhou o vídeo em sua rede social com uma declaração de amor ao governador, afirmando ser "grata por caminhar ao seu lado".  

 

"Obrigada por suas palavras sempre tão generosas, apaixonadas e que transbordam amor. Se hoje tenho a oportunidade de realizar mais pelo social é porque ao meu lado tem alguém que sonha comigo os meus sonhos. E que principalmente, oferece todo apoio para que eles possam se realizar. Mais até do que sonho, tenho como missão de vida realizar sempre mais por aqueles que precisam", disse em seu Instagran.  

 

O tratamento de saúde da primeira-dama tem tirando Mendes de algumas agendas. Pessoas próxima do governador, afirmam que a situação de saúde da primeira-dama requer cuidados e acompanhamento.    

 

Transplantada há mais de 8 anos, quando recebeu um rim do próprio marido, Mauro Mendes em março de 2014, Virgínia Mendes faz uso de medicamentos imunossupressores para coibir qualquer tipo de rejeição do órgão transplantado. Pessoas nestas condições são mais vulneráveis a doenças.     

 

Para o entorno do governador, a notícia da cirurgia da primeira-dama ainda não foi avaliada do ponto de vista político. Ou seja, se isso pode ou não impactar na decisão do governador de concorrer ou não à reeleição.     

 

Outro lado  

A Secretaria de Comunicação (Secom) divulgou nota oficial no sábado (28) por volta do meio-dia, afirmando não ter qualquer informação atualizada sobre o estado de saúde da primeira-dama. A última é de que ela se encontra em repouso em sua residência em Cuiabá e que deverá cumprir algumas agendas, na função de primeira-dama, na próxima semana.

 

Fonte: Gazeta Digital

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.