Paranatinga, 17 de Maio de 2022

Política

Emanuel conspirou contra a cidade; Stopa merece confiança

Publicado 17/11/2021 16:34:14


O governador Mauro Mendes (DEM) teceu, nesta quarta-feira (17), críticas ao prefeito afastado de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e elogios ao gestor em exercício, José Roberto Stopa (PV).

 

Mendes e Stopa se encontraram pela primeira vez na noite de terça-feira (17) no Palácio Paiaguás. Falaram de obras para a Capital e o democrata disse ter "confiança" no atual prefeito.

 

“O Governo já tem relevantes obras que passam de R$ 1 bilhão em Cuiabá. É um número muito grande e vamos ver se conseguimos trabalhar com a Prefeitura com confiança", disse Mendes.

 

"Ao menos de tudo que sei e tudo que convivi com o prefeito Stopa, ele é merecedor dessa confiança”, acrescentou.

 

 

A reunião marcou uma aproximação da Capital com o Governo do Estado. Isso porque, Mendes e o prefeito afastado Emanuel Pinheiro (MDB) são rivais políticos e não dialogam. O emedebista está afastado desde o dia 19 de outubro, por supostas irregularidades na Saúde.

 

Questionado sobre a possibilidade do prefeito afastado reverter as decisões que o retiraram do cargo, Mendes desconversou e voltou a falar em “confiança” em Stopa. 

 

 

Todas as tentativas foram sem fundamento, só para atrapalhar, fazer barulho e conspirar contra a cidade

“Não vou entrar no mérito de vai ou não voltar [reverter afastamento], porque não tenho menor a gerência sobre isso. Meu trabalho é como governador, isso é um problema no Ministério Público Estadual, Federal, da Polícia Federal, e da Justiça Brasileira”, disse.

 

“Fazer parceria com município passa primeiro pela confiança que você tem que ter com o gestor em entregar dinheiro para ele executar a obra. Eu confio no Stopa, de que aquilo que começar não vai parar”, completou.

 

BRT ou VLT

 

Um dos maiores impasses entre Mendes e Emanuel é quanto ao modal BRT (ônibus de trânsito rápido) e VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) em Cuiabá e Várzea Grande. 

 

O governador, em 2020, decidiu que abortaria a ideia de finalizar o VLT para adotar o BRT. O emedebista, então ingressou com vários recursos na Justiça de Mato Grosso.

 

“É lamentável, o prefeito anterior fez muito barulho, prometeu uma guerra jurídica, mas tomou uma surra. Todas as tentativas foram sem fundamento, só para atrapalhar, fazer barulho e conspirar contra a cidade. Ele abraçou aquilo que é um dos maiores símbolos da corrupção em Mato Grosso”, afirmou. 

 

“Nós demoramos, porque é um processo difícil. Durante a pandemia, havia setor inteiro em que três ou quatro pegavam o vírus e todos tinham que ir para casa. Isso penalizou muito a administração pública. Com Stopa, teremos tranquilidade para trabalhar”, completou.

 

 

Fonte: midia news

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.