Paranatinga, 19 de Maio de 2022

Política

Atriz pornô dá enquadrada no PT em Mato Grosso e pede filiação

Publicado 06/05/2022 16:09:11


A atriz pornô Ester Caroline Perralto, a "Tigresa Vip", deu uma "enquadrada" no Diretório Estadual do PT nesta quinta-feira (05), pedindo a reconsideração da sua filiação no partido pelo qual deseja concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa. 

 

Tigresa teve a filiação suspensa por supostas falhas no rito de ingresso, segundo o presidente do PT em Mato Grosso, deputado estadual Valdir Barranco. O documento encaminhado ao Diretório Estadual é assinado pelos seus advogados, entre eles o ex-juiz Julier Sebastião, pré-candidato a deputado federal também pelo PT.

 

A defesa de Tigresa classifica o ato de suspensão como "arbitrário e ilegal" e deu três dias para que o PT responda ao requerimento.

 

"Requer que o ato arbitrário e ilegal de suspensão da filiação da postulante, que já poderia ter sido reparado de ofício, ante ampla propaganda e publicidade de conhecimento público e notório, inclusive com várias manifestações contraditórias dos dirigentes apresentadas aos órgãos de imprensa, para reconsiderar a decisão", diz trecho do pedido.

 

No documento, a defesa cita que a Executiva Estadual apontou a realização de uma "suposta votação" que culminou em decisão contrária à filiação de Ester e exige acesso aos editais da reunião.

 

Os advogados requerem acesso ao edital de convocação da reunião que culminou na suspensão da sua filiação, ao ato de comunicação que deveria ter sido enviado à ela para que pudesse fazer a sua defesa, ao processo interno aberto contra ela e à ata da reunião do conselho.

 

"Em síntese, tal decisão foi justificada sob o argumento, não muito claro, do surgimento de pretensas divergências quanto à filiação da pré-candidata", alegou a defesa.

 

 

Veja fac-símile:

 

 

 

 

Articulação interna

 

Tigresa se filiou ao PT no dia 2 de abril e foi lançada como pré-candidata à deputada estadual uma semana depois. No entanto, houve repercussão negativa e pressão em cima do partido, que decidiu por "rifar" a sua pré-candidatura.

 

Áudio vazado da deputada federal Rosa Neide (PT), pré-candidata à reeleição, ainda evidenciou uma articulação interna visando "barrar" a filiação da atriz. Nele, a parlamentar diz que "não está disposta" a fazer campanha eleitoral sendo "chacota" para o país.

 

Nesta semana, o presidente do partido, Valdir Barranco, afirmou que aguarda resultado do recurso ingressado pela atriz junto à Executiva Nacional e afirmou que a situação, se revertida em instância superior, seria acatada no Estado.

 

 

Fonte: Mídia News

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.