Paranatinga, 13 de Agosto de 2022

Polícia

Polícia prende acusado de mutilar genitália da esposa em MT

Publicado 19/05/2022 10:29:39


O foragido da Justiça José Odair Ildefonso Ribeiro, de 42 anos, investigado por agredir, mutilar e tentar matar a companheira de 21 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira (19) em um barraco na mata, a 260 quilômetros de Colniza, onde os crime foram cometidos.

 

A filha do casal, de 9 meses, com quem José Odair havia fugido antes da chegada da Polícia em sua residência, foi encontrada com ele. Outras duas crianças, filhos da irmã da vítima com o agressor, também estavam no local.

 

Os investigadores cumpriram o mandado de busca e apreensão da bebê, que depois de passar por atendimento médico será entregue à mãe.

 

 

 

O local onde o homem foi encontrado era uma choupana de lona, sem qualquer estrutura, o que expôs as crianças a perigo e insalubridade. 

 

 

Uma pessoa armada que deu apoio na fuga também foi presa. 

 

O investigado está sendo encaminhado para a Delegacia de Colniza e posteriormente para uma unidade prisional. 

 

"Nossos policiais fizeram inúmeras diligências para localizar o foragido que cometeu esses crimes brutais contra sua companheira e conseguimos, enfim, cumprir a prisão e resgatar a criança", afirmou o delegado Bruno França.

 

A monstruosidade do crime

 

A jovem foi encontrada em casa com ferimentos pelo corpo, hematomas e uma lesão já infeccionada na genitália, que havia sido mutilada.

 

À Polícia, a vítima contou que agressões tiveram início na última sexta-feira (13), quando o companheiro chegou alcoolizado e bastante agressivo em casa.

 

O casal teve uma discussão, que logo descambou para uma sessão de agressões com socos e chutes. 

 

Conforme a Polícia, José Odair ainda tentou matar a tiros a mulher e, quando a arma falhou, quebrou o cabo da espingarda na cabeça dela.

 

A irmã da jovem, de 23 anos, que também tem filhos com o agressor, tentou ajudar a irmã e foi agredida.

 

As duas contam que foram mantidas em cárcere privado e impedidas de pedir socorro. Somente um dia depois das agressões e com a ajuda de vizinhos a Polícia foi acionada.

 

 

Fonte: Mídia News

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.