Paranatinga, 27 de Novembro de 2021

Geral

PF investiga esquema envolvendo fraude bilionária com criptomoedas

Publicado 25/08/2021 20:04:14


A Polícia Federal deflagrou operação contra uma suposta organização criminosa que seria responsável por fraudes bilionárias envolvendo criptomoedas.


A operação Kryptos, realizada nesta quarta-feira (25) em conjunto com a Receita e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público Federal, mira uma empresa com sede na Região dos Lagos (RJ) suspeita de operacionalizar um sistema de pirâmides financeiras com base na oferta pública de contrato de investimento, sem prévio registro em órgãos regulatórios.


Segundo a investigação, a empresa oferece investimentos atrelados a moedas digitais com previsão de retorno financeiro considerado insustentável.


Na operação, a 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro emitiu sete mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e no Distrito Federal.


Nos últimos seis anos, a movimentação financeira de empresas suspeitas de integrar esse suposto esquema apresentou cifras bilionárias, ainda de acordo com a PF -metade do dinheiro foi movimentado nos últimos 12 meses.


Os investigados poderão responder pelos crimes de gestão fraudulenta/temerária instituição financeira clandestina, emissão ilegal de valores mobiliários sem registro prévio, organização criminosa e lavagem de capitais, e, se condenados, poderão cumprir pena de até 26 anos de reclusão.

 

 

Fonte: FOLHAPRESS

Entre no grupo do Paranatinga News no WhatsApp e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.