Paranatinga, 20 de Outubro de 2021

Geral

Coronel não vê impedimento para militares em ato: Somos cidadãos

Publicado 06/09/2021 10:40:22


Militante bolsonarista e presidente da Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de Mato Grosso (Assof-MT), a coronel Rúbia Fernanda defendeu a participação de militares nos atos pró-Bolsonaro convocados para o feriado de 7 de setembro.

 

Segundo ela, não há nada que impeça militares de participarem das manifestações.

 

De acordo com a coronel, o Regulamento Disciplinar do Corpo de Bombeiros e Policiais militares de Mato Grosso proibe apenas que os militares compareçam armados e fardados nos atos.

 

 

As pessoas estão colocando essas manifestações como um colega de guerra, mas isso não é verdade

“Como cidadão, pode. O militar, assim como qualquer servidor, não pode usar de sua função, cometer abuso de autoridade, usar do cargo para ameaçar, agredir. Mas isso nunca aconteceu na história e não vai acontecer. Ele vai no horário de folga dele, com a família dele”, disse ela ao MidiaNews.

 

“As pessoas estão colocando essas manifestações como um colega de guerra, mas isso não é verdade. O policial sabe o que pode e o que não pode fazer. Ele pode participar, a Constituição dá o direito de se manifestar a todos os cidadãos”, acrescentou.

 

Em nota, a Corregedoria Geral da Polícia Militar informou que a legislação em vigor proíbe a participação de policiais militares da ativa, fardados e armados em manifestações de caráter político-partidários.

 

"Salvo quando estiverem empregados em tais eventos em ações de preservação da ordem pública. A instituição Militar Estadual  é  baseada na hierarquia e disciplina, seguindo à risca os preceitos legais. Diante de qualquer infringência de normas caberá a devida apuração", diz a nota.

 

Para Fernanda, que confirmou participação nas manifestações em Brasília na próxima semana, o que está ocorrendo no momento é uma tentativa de “proibir os militares de dizerem o que pensam”.

 

“É como se nós fôssemos o grande problema [a ser combatido], e nunca fomos”, disse.

 

Manifestação ordeira

 

Segundo a coronel, apenas sob a organização da qual participa, há confirmação de pelo menos 45 ônibus saindo de Mato Grosso para os atos em Brasília, além de manifestações já confirmadas na Capital e cidades do Estado.

 

Ela rechaçou, porém, qualquer possibilidade de atos de vandalismo, como invasão do Congresso Nacional e da sede do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

“Já participei de várias manifestações em Brasília. Não tem esse tipo de situação. As pessoas que vão são de bem, são trabalhadores. Não sei o que levou a essa situação de pensarem que estão planejando um ataque”, disse.

 

“A convocação é para participar de uma manifestação pacífica, ordeira, democrática. Eu tenho certeza que boa parte da população brasileira vai às ruas dizer o que pensa, mas sem nenhum tipo de violência”, completou.

 

Fonte: MÍDIA NEWS

Entre no grupo do Paranatinga News no WhatsApp e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.