Paranatinga, 14 de Agosto de 2022

Ecônomia

Governo de Mato Grosso investe mais de R$ 260 milhões em Rondonópolis

Publicado 19/04/2022 11:14:45


Governo de Mato Grosso investe R$ 267,5 milhões em Rondonópolis. Em três anos, o município recebeu obras e ações em infraestrutura, saúde, segurança pública, assistência social e educação. 

Em infraestrutura, são investidos R$ 217 milhões em obras, como o asfaltamento da Avenida W-11 e a construção da ponte com 230 metros de extensão, na Avenida, entre os municípios de Rondonópolis e Pedra Petra.

Também está em andamento a construção do asfalto novo da Avenida W-14; 30 km da MT-471, na Comunidade Miau; e 23,9 km da MT-459 e da ponte sobre o Córrego Sucuri na rodovia. Além disso, o asfaltamento da Rodovia do Peixe (MT-471) está em fase de licitação.

“Rondonópolis está numa localização estratégica e tem grande potencial de desenvolvimento, por isso temos focado em obras estruturantes, inclusive em retomar algumas que estavam paralisadas há anos, como a tão sonhada Avenida W -11”, avaliou o governador Mauro Mendes.

Por meio de convênio com o município, o governo trabalha na reestruturação dos distritos industriais Razia e Vetorasso, uma parceria que também conta com recursos da prefeitura e de emendas parlamentares.

“As obras já começaram, são pontos importantes da cidade que merecem uma estrutura adequada. Rondonópolis é responsável por boa parte do desenvolvimento do Estado, está localizado em ponto estratégico e merece todos os investimentos possíveis”, destacou o governador.

O deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho, ressaltou que a reestruturação dos distritos vai beneficiar tanto a classe empresarial quanto as pessoas que vivem e trabalham na região.  “Esta obra não é apenas para beneficiar as empresas, mas a população e os trabalhadores que precisam de qualidade de vida, que merecem vias apropriadas, essas obras representam os impostos pagos e devolvidos em forma de serviços”.

A saúde também é uma das prioridades do Governo, que já investiu R$ 6 milhões na modernização do Hospital Regional, cuja obra está na segunda etapa. Também foram feitos investimentos na reforma do escritório Regional de Saúde, e manutenção dos 46 leitos de UTI da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis. Além disso, a parceria por meio do MT Mais Cirurgias para os procedimentos eletivos está em andamento.

Na educação, entre reformas e reestruturação das escolas estaduais, os investimentos somam mais de R$ 40 milhões. Entre elas, a retomada da construção da Escola Estadual Militar Tiradentes Major PM Ernestino Veríssimo da Silva.

 

“Logo vamos entregar essa nova escola. Os alunos e profissionais da educação vão poder contar com um ambiente adequado, muito diferente da realidade que vimos há alguns anos”, afirmou o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

Na segurança pública, a população já vê as Polícias Civil e Militar melhor equipadas com armamento novo, viaturas e fardas. O Governo também entregou o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), com capacidade para 60 vagas para adolescentes em conflito com a lei. Um investimento de R$ 9,1 milhões.

“Quando investimos no sistema de Segurança Pública, seja no Socioeducativo ou no Penitenciário, é sinal de que estamos garantindo que as penas aplicadas pela Justiça sejam realmente cumpridas sob a tutela do Estado. Isso traz mais dignidade a essas pessoas e com os adolescentes não é diferente”, ratificou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

A área social é coordenada pela primeira-dama Virginia Mendes, que atua de forma voluntária nas ações. Para a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho, a participação da primeira-dama nas atividades da pasta faz diferença nos resultados.

“Mais de 12 mil cestas básicas foram entregues para pessoas em situação de vulnerabilidade e 4.500 famílias foram atendidas pelo Programa Ser Família Emergencial. A primeira-dama, de forma voluntária desempenha um trabalho voltado a atender aqueles que mais precisam da ajuda do Estado, pois esse é o nosso dever. O olhar atento da Virginia aos mínimos detalhes nos projetos faz toda diferença no resultado final”, destacou Rosamaria.

Investimento em Logística

A implantação do Porto Seco em Rondonópolis no ano de 2013 impulsionou o desenvolvimento e a logística no Estado. Em 2021, o anúncio da 1ª Ferrovia Estadual aumentou a expectativa de crescimento e integração da região. Partindo de Rondonópolis, a nova ferrovia, com aproximadamente 743 km de extensão vai interligar Rondonópolis, Lucas do Rio Verde e Cuiabá. Os investimentos anunciados são de R$ 11 bilhões.

“Com a ampliação da malha ferroviária nós teremos oferta de emprego e aquecimento da economia e vamos garantir a segurança nas rodovias com a redução dos caminhões. A operação ferroviária também é fator essencial para o mercado interno, integrando a cadeia de produção e consumo do Mato Grosso ao restante do país”, explicou o governador.

Além dos grãos, a ferrovia vai atender outros setores da cadeia produtiva. Pela nova ferrovia poderão ser transportados produtos como: açúcar, fertilizantes, combustíveis, algodão, frango congelado, carne bovina, bebidas, produtos de limpeza, móveis, óleo de soja, milho de pipoca, entre outros.

A previsão é de que o trecho entre Rondonópolis e Cuiabá esteja concluído e em funcionamento em 2026.

 

 

Fonte: Assessoria

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.