Paranatinga, 14 de Agosto de 2022

Ecônomia

Chinesa XCMG e RISC marcam o início das atividades no Parque Tecnológico MT

Publicado 23/05/2022 13:25:33


A chegada da gigante chinesa Xuzhou Construction Machinery Group (XCMG) marca o início das atividades empresariais no Parque Tecnológico Mato Grosso, localizado no Chapéu do Sol, em Várzea Grande. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Maurício Munhoz, nesta quinta-feira (19.05), em audiência com o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat.

As negociações para a instalação da XCMG foram conduzidas diretamente entre Munhoz e o diretor de Projetos da empresa no Brasil, Tian Dong. A empresa é a quinta maior do mundo na fabricação de máquinas pesadas para construção civil. A primeira linha de produção fora da China está instalada no Brasil, no município de Pouso Alegre (MG).    

 

 

Uma estrutura moderna de contêineres será instalada provisoriamente pela Prefeitura de Várzea Grande para a chegada da empresa. O espaço será adequado no próprio Chapéu do Sol, a poucos metros das obras do Parque Tecnológico. A expectativa é de que em menos de 60 dias a gigante chinesa inicie suas atividades em Mato Grosso.

Maurício Munhoz tem realizado uma série de tratativas nacionais e internacionais, para identificar interessados no investimento de tecnologias, nas mais diferentes bases e estratégias de atuação.

“O Parque hoje está ancorado em três eixos estruturantes: a produção de tecnologia social, ambiental e governamental. Aparentemente independentes, os eixos se convergem e se relacionam na busca de soluções para os mais diferentes arranjos. Nossa proposta é reunir ofertas das mais diferentes tecnologias e colocar os atores para se falarem, linkar as cabeças pensantes. Hoje o mundo é network. Tem gente produzindo todo tipo de tecnologia, nos mais diversos ambientes e precisando se conectar. A vinda da XCMG não significa que ela vai produzir maquinário em Mato Grosso, mas traz consigo tecnologia e soluções para outras demandas. É relacionamento”, defendeu Maurício Munhoz.

RISC - A fabricante chinesa estará ao lado de um dos mais promissores projetos mato-grossenses: as Redes Inteligentes e Soluções Criativas (RISC), desenvolvido pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). O projeto se tornou referência, dentro e fora do Estado, pela busca por modelos inovadores de interação com a sociedade e pela versatilidade em produzir tecnologia social.

A Seciteci fará toda a modelagem do espaço para a chegada do projeto no Parque Tecnológico. O Núcleo de Redes Inteligentes e Soluções Criativas (RISC), é executado no Campus de Cáceres, sob a coordenação do professor e doutor, Robson Gomes de Melo.

 

 

Fonte: Assessoria

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.