Paranatinga, 17 de Maio de 2022

Cidades

Três meses após morte, mãe recebe roupa do acidente

Publicado 11/02/2022 13:59:47


Três meses após a morte de Marília Mendonça, a mãe dela, Ruth Moreira recebeu a roupa que a cantora usava no dia do acidente aéreo, informou o advogado da família, Robson Cunha. Ela estava com um vestido xadrez. Um vídeo mostra o momento em que a rainha da sofrência embarcou em Goiânia, horas antes do acidente

O vestido foi entregue pelo advogado à família no início deste mês, mas a informação só foi divulgada nesta quinta-feira (10). Cunha informou que a roupa estava praticamente intacta, com apenas um pequeno rasgado. Ele disse ainda que a mãe da cantora se emocionou.

“Ela se emocionou, mas Ruth é uma mulher de muita fé, de muita força. Ela se apega na fé para conseguir seguir. Hoje ela ocupou o lugar que ela da Marília. Ela se tornou o pilar de toda a família”, contou o advogado.

Playvolume00:06/01:00Truvid

Leia mais

 

Marília Mendonça morreu aos 26 anos caminho de um show, após o avião que ela estava cair em Caratinga (MG). Além dela, outras quatro pessoas também faleceram - entre elas o tio e assessor dela, Abicieli Silveira Dias Filho.

Os corpos dos familiares foram velados no Ginásio Goiânia Arena, na capital goiana. Ícone da música sertaneja, a goiana já havia conquistado o país e estava lançando internacionalmente o projeto Patroas, em parceria com Maiara e Maraisa, quando sofreu o acidente.

Legado

A voz de Marília ecoa nas músicas que ela deixou. A cantora nasceu em Cristianópolis, a 90 km de Goiânia, em 22 de julho de 1995. Começou a carreira cantando em barzinhos em troca de espetinhos e juntando moedas para ir a shows até lançar os grandes sucessos: "Infiel", "De quem é a culpa?" e "Eu sei de cor".

Considerada uma das artistas mais populares do sertanejo, ela liderou uma reviravolta feminina no gênero, que impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016, no chamado "feminejo".

A cantora foi a artista brasileira mais ouvida em 2021 no Spotfy. O álbum "Todos os Cantos" se tornou o disco em português mais ouvido da plataforma.

Durante a época de maior isolamento social por causa da Covid-19, Marília fez uma live de casa acessada por mais de 3,3 milhões de pessoas ao mesmo tempo.

O projeto Patroas, em parceria com Maiara e Maraisa, concorreu ao Grammy Latino e também estampou os painéis da Times Square, em Nova Iorque.

A cantora também fez história ao aparecer na capa da ForbesLife Fashion ao lado de Maiara e Maraisa.Três meses após a morte de Marília Mendonça, a mãe dela, Ruth Moreira recebeu a roupa que a cantora usava no dia do acidente aéreo, informou o advogado da família, Robson Cunha. Ela estava com um vestido xadrez. Um vídeo mostra o momento em que a rainha da sofrência embarcou em Goiânia, horas antes do acidente

 

O vestido foi entregue pelo advogado à família no início deste mês, mas a informação só foi divulgada nesta quinta-feira (10). Cunha informou que a roupa estava praticamente intacta, com apenas um pequeno rasgado. Ele disse ainda que a mãe da cantora se emocionou.

 

“Ela se emocionou, mas Ruth é uma mulher de muita fé, de muita força. Ela se apega na fé para conseguir seguir. Hoje ela ocupou o lugar que ela da Marília. Ela se tornou o pilar de toda a família”, contou o advogado.

 

Playvolume00:06/01:00Truvid

 

Leia mais

 

Marília Mendonça morreu aos 26 anos caminho de um show, após o avião que ela estava cair em Caratinga (MG). Além dela, outras quatro pessoas também faleceram - entre elas o tio e assessor dela, Abicieli Silveira Dias Filho.

 

Os corpos dos familiares foram velados no Ginásio Goiânia Arena, na capital goiana. Ícone da música sertaneja, a goiana já havia conquistado o país e estava lançando internacionalmente o projeto Patroas, em parceria com Maiara e Maraisa, quando sofreu o acidente.

 

Legado

 

A voz de Marília ecoa nas músicas que ela deixou. A cantora nasceu em Cristianópolis, a 90 km de Goiânia, em 22 de julho de 1995. Começou a carreira cantando em barzinhos em troca de espetinhos e juntando moedas para ir a shows até lançar os grandes sucessos: "Infiel", "De quem é a culpa?" e "Eu sei de cor".

 

Considerada uma das artistas mais populares do sertanejo, ela liderou uma reviravolta feminina no gênero, que impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016, no chamado "feminejo".

 

A cantora foi a artista brasileira mais ouvida em 2021 no Spotfy. O álbum "Todos os Cantos" se tornou o disco em português mais ouvido da plataforma.

 

Durante a época de maior isolamento social por causa da Covid-19, Marília fez uma live de casa acessada por mais de 3,3 milhões de pessoas ao mesmo tempo.

 

O projeto Patroas, em parceria com Maiara e Maraisa, concorreu ao Grammy Latino e também estampou os painéis da Times Square, em Nova Iorque.

 

A cantora também fez história ao aparecer na capa da ForbesLife Fashion ao lado de Maiara e Maraisa.

 

 

Fonte: G1

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.