Paranatinga, 20 de Outubro de 2021

Cidades

Polícia prende quatro homens e resgata quinze galos com mutilações pelo corpo em rinha

Publicado 28/06/2021 11:02:54


Quatro pessoas foram presas neste domingo (27) por realizarem rinha de galo em uma fazenda na zona rural de Rondonópolis (218 km de Cuiabá). No total, quinze aves foram resgatadas vivas pela Polícia Ambiental, com mutilações e diversos ferimentos pelo corpo. Dois animais foram encontrados mortos. 

 



De acordo com informações da Polícia Militar, por volta de 17h40, os agentes da corporação se deslocaram até o endereço mencionado após terem recebido uma denúncia anônima de que na região haveria alguns homens armados em uma rinha de galo.

No local, os militares perceberam que várias pessoas começaram a correr quando perceberam a sua chegada. Algumas delas fugira, para dentro de um milharal e outras para dentro de veículos. Alguns foram identificados e denunciados por moradores.

Segundo o relato feito na denúncia, estavam envolvidos no crime um homem conhecido como Carlos do Mercado e J.A. da Vila Verde, sendo este último um dos principais organizadores e incentivadores da prática criminosa, tendo, ainda, passagem pela polícia pelo mesmo delito. 

Outros dois suspeitos, identificados como Vitinho e Gabriel, cujo pai é gerente da fazenda onde ocorria a rinha de galo, também foram denunciados. Ainda foram denunciados os irmãos Avila, como organizadores do evento. 

Entre os que correram, estava Wilian, que trabalha em uma empresa de berrantes que fica na região. Este, por sua vez, fornecia medicamentos para os galos e havia sido o que levou os animais para a briga, conforme denúncia. 

As aves apresentavam cristas mutiladas, esporas amputadas e alguns animais tinham feridas nas asas e peito. Foram encontrados também diversos utensílios clínicos, como biqueiras, buchas, lixa, serra, entre outros. 

Diante da situação, uma equipe da Polícia Ambiental compareceu ao local e conduziu os 15 galos vivos para a base da corporação. Além destes, haviam outros dois animais mortos. No interior do barracão onde as aves foram encontradas existiam ainda 30 gaiolas de madeira, várias arenas onde ocorrem as brigas e quadros com anotações.

 



Os quatro suspeitos foram, então, presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia da cidade onde devem responder por maus-tratos a animais animais silvestres, domésticos ou domesticados. Os veículos dos detidos, sendo um Fiat Palio e um Honda 160, ficaram estacionados na delegacia. 

 

Entre no grupo do Paranatinga News no WhatsApp e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.