Paranatinga, 09 de Agosto de 2022

Cidades

Com júri suspenso, mãe chora e clama por Justiça pela morte dos dois filhos em 2007

Publicado 30/06/2022 19:21:08


São  quase 15 anos de espera para o desfecho do acidente que resultou na morte de dois irmãos, em Poconé, no ano de 2007. O júri popular, marcado para acontecer nesta quinta-feira (30), foi adiado pela 4ª vez, assim como o desejo de Justiça da mãe das vítimas, Rosinéia Guimarães. Ao lado da família, ela fez um ato cobrando seriedade da Justiça no caso dos filhos nas primeiras horas da manhã, na frente do Fórum de Cuiabá. 

 

 

 

Chorando, a mãe, amigos e familiares utilizaram cartazes para expor a revolta e a dor que a morte dos dois jovens, Katherine Louise Bittencourt, 19, e Diego Guimarães Bittencourt, de 14, trouxe. Era 18 de novembro de 2007 quando o carro pilotado por Celzair Ferreira de Santana bateu nas vítimas e não prestou socorro. A acusação aponta que ele estava bêbado. 

 

 

 

Leia mais - Réu é internado em SP e escapa de júri pela 4ª vez

 

 

 

Desde então, a família busca por Justiça e nada aconteceu desde o começo da investigação. Em conversa com a reportagem do , Rosinei disse que não tem paz e não terá até que tudo seja resolvido, com o culpado sendo punido pelo duplo homicídio que vitimou seus dois filhos. 

 

 

 

"Eu já chorei tanto, minha vontade é sair correndo e bater a minha cabeça na parede. É revoltante, só vai haver Justiça quando homens e mulheres comprometidos com Deus levantarem para agir, tirando essas vendas dos olhos", pontuou.

 

 

 

O responsável pelo atropelamento, Celzair Ferreira de Santana, está em São Paulo para passar por analise clínica no Hospital Sírio Libanês, sem previsão de retorno, o que dificulta a remarcação do júri.

 

 

 

Após o 4° júri ser cancelado, a mãe acredita que o acusado inventa 'doença' toda vez que tem a audiência e para ela é um absurdo ter que ficar à disposição do quadro de saúde para que o caso que já tem 15 anos seja finalmente finalizado.

 

 

 

"Toda vez me preparo e de última hora me deparo com a notícia que será adiado, o pior sem remarcação da data. Ele fica doente toda vez, para mim ele programa a doença, não é possível o Jjri marcado para o dia 30 e ele fica doente no dia 27? E eu fico com a cara de idiota, né ?", indagou em tom de revolta.

 

 

 

Até o momento não foi definido uma nova data para o júri popular. 

 

 

 

O caso:

 

Katherine e Diego foram atropelados em novembro de 2007, próximo à casa onde moravam. Eles estavam parados em uma motocicleta e voltavam de um almoço com o pai. O motorista Celzair, além de dirigir em alta velocidade, estaria embriagado. A denúncia do Ministério Público ressalta que o pecuarista estaria a 134 km/h e, após a colisão, a caminhonete que atingiu as vítimas só teria parado quando colidiu com um poste de iluminação pública

Fonte: Gazeta Digital

Entre no grupo do Paranatinga News no Telegram e receba noticias em tempo real. CLIQUE AQUI

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.