Paranatinga, 25 de Novembro de 2020

Variedades

DECAPITADA

Polícia encontra corpo de bebê de um ano que desapareceu; padrasto é preso pelo crime

Publicado 15/10/2020 14:40:19


O padrasto de Maria Clara registrou o desaparecimento da menina no fim da tarde de terça-feira (13). À polícia, ele contou que estava com a bebê no centro de Pinda, quando precisou ir ao banheiro e deixou a menina com um homem que estava em um ponto de ônibus. Minutos depois, quando voltou, disse que a criança teria sido levada.

 

 

Ele contou que pegou um carro e com a ajuda de outro estranho fez buscas pela menina pela região central da cidade, mas não a encontrou. Seis horas depois do suposto desaparecimento é que ele decidiu ir até a delegacia.

A polícia colheu o depoimento do padrasto, da mãe e do pai da criança. Durante a tarde, a investigação conseguiu as imagens de câmeras de segurança que desmentiram a versão do padrasto — e o homem, então, confessou o crime, segundo a polícia.

Buscas pelo corpo

 

 

De acordo com a Polícia Civil, o padrasto apenas admitiu ter matado a menina e disse que apontaria o local onde ela havia sido deixada.

O suspeito seguiu com os policiais até um trecho de terra próximo à estrada que liga Pindamonhangaba a Taubaté e apontou onde havia deixado o corpo da menina.

A polícia informou que a bebê foi encontrada decapitada, e que a cabeça estava próxima ao corpo, mas nenhuma parte estava enterrada.

 

O padrasto teve a prisão temporária decretada nesta quarta-feira (14) e foi levado para um presídio em Taubaté. Em depoimento, ele citou o envolvimento de outras pessoas. O caso continuará segue sendo investigado pela polícia.

 

 

Fonte: REPORTER MT

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE