Paranatinga, 17 de Outubro de 2019

Política

JANAINA

Servidores sofrem sem progressão graças a quem agiu de má-fé

Publicado 13/06/2019 12:28:17


A vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva (MDB), afirmou que os servidores do Legislativo estão há quase um ano sem progressão de carreira por conta de alguns que agiram de má-fé no uso do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).

 

Segundo ela, há membros da Casa que chegaram ao final de suas carreira em apenas três anos de trabalho e alguns progrediram usando apenas curso de Word.

 

 

A parlamentar disse que houve ilicitudes e desequilíbrio no uso do plano.

 

 

Para evitar que ocorram essas ilicitudes, esse desequilíbrio, vamos ter que fazer essa revisão urgente do PCCS

“As progressões estão suspensas e os servidores que até agora não progrediram, porque não tiveram nenhuma janela, estão no prejuízo. A gente vai tentar fazer uma auditoria, mostrando a inviabilidade de uma pessoa progredir toda sua carreira em três anos. Alguns abusaram e aproveitaram do PCCS em proveito próprio e agora os demais sofrem em detrimento a esses que agiram de má-fé”, afirmou.

 

“Imagina apresentar um curso de Word, com duração de 360 horas, e progredir. Para evitar que ocorram essas ilicitudes, esse desequilíbrio, vamos ter que fazer essa revisão urgente do PCCS. Ele tem impacto financeiro, no início, mas, em longo prazo, se tivesse feito isso lá atrás, não estaríamos passando por este constrangimento agora”, disse.

 

Uma empresa deve ser contratada para realizar a auditoria nas progressões da Assembleia.

 

Segundo ela, o plano está defasado, pois é do ano de 2002.

 

“É um problema de defasagem do PCCS. No ano passado, tentamos fazer um novo PCCS. Quando ele foi feito, não havia curso online, a distância. Mudou muito, hoje, a forma de obter diploma. Ele acabou ficando defasado. E o próprio PCCS, que é legítimo, acabou gerando essas progressões mais rápidas do que deveriam ser”, afirmou.

 

“Mas a culpa é mais da omissão da Assembleia, quando deixou de fazer isso lá atrás, do que do próprio servidor. O que fizeram foi se utilizar do PCCS, que dá respaldo para progredir. Então, essa auditoria é para buscar um ponto de equilíbrio, porque existem esses servidores que progrediram toda a carreira em três anos”, completou.

 

 

Fonte: Mídia News

Publicidade Áudio

Enquete

Você é a favor ou contra privatização da MT 130 entre Primavera do Leste a Paranatinga

A FAVOR

CONTRA

INDEFINIDO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE