Paranatinga, 15 de Abril de 2021

Política

Justiça procura Chico Daltro para intimá-lo

Publicado 30/01/2016


O ex-vice governador do Estado Chico Daltro, arrolado como testemunha de defesa do ex-deputado José Riva (sem partido) em dois processos da Operação Arca de Noé, desencadeada pela Polícia Federal em 2002, não foi encontrando pela justiça para ser intimado e comparecer nas audiências desta quinta-feira (28).

Apenas o ex-deputado Eliene Lima esteve na 7ª Vara Criminal e foi ouvido pela juíza Selma Rosane Arruda. José Riva e o advogado Valber Melo prometeram encontrar o ex-vice governador. "A gente mandou um recado pra ele e supúnhamos que ele viria", disse o réu.

Já Eliene Lima foi indagado pelo promotor de Justiça, Sérgio Silva Costa, sobre os pagamentos dos salários dos parlamentares, se na época, eram feitos através de cheques. "Eu tenho dúvida, não me lembro por ter se passado quase 20 anos. Mas tenho a impressão que sempre foi em conta", contou Eliene.

O promotor lembrou que na acusação consta que o as empresas fantasmas  foram criadas para desviar recursos da Assembleia Legislativa, no período em que Riva e o ex-conselheiro Humberto Bosaipo atuaram no parlamento como presidente e secretário-geral da Mesa Diretora.

Sérgio Costa queria saber quem era a pessoa responsável por assinar os cheques, onde alguns foram encontrados na Confiança Factoring, de João Arcanjo Ribeiro.

A audiência foi encerrada pela magistrada, que transferiu os depoimentos para o dia 23 de março, ocasião em que espera interrogar Chico Daltro e Riva. Também arrolado como testemunha, o ex-deputado estadual Hermínio J. Barreto (PR) será ouvido por carta precatória em Rondonópolis.

 

 

Fonte: Gazeta Digital

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE