Paranatinga, 14 de Abril de 2021

Política

Já tomamos em 2 de janeiro as medidas adotadas pelo Governo Federal agora diz Taques

Publicado 21/09/2015


Foto: Chico Valdiner/GcomMT

?Já tomamos em 2 de janeiro as medidas adotadas pelo Governo Federal agora?, diz Taques
As medidas anunciadas pela presidente Dilma Rousseff (PT) para tentar amenizar a crise e equilibrar as finanças do Governo Federal, como corte de gastos, já foram tomadas pelo governo de Mato Grosso no dia 2 de janeiro, como os primeiros atos administrativos da gestão Pedro Taques (PSDB). É o que afirmam o próprio governador e o secretário de Planejamento, Marco Marrafon.

“Veja que as medidas tomadas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, como corte de gastos, nós fizemos no dia 2 de janeiro. Repactuar os contratos, fizemos dia 2 de janeiro. Cortar cargos comissionados, fizemos dia 2 de janeiro. Medidas econômicas que eles estão tomando agora, nós fizemos no dia 2 de janeiro”, observou Taques.

Ele afirmou que essas medidas de austeridade possibilitaram pagar a folha dos servidores em dia ao longo deste ano. “Por isso que, diferente de 10 estados da federação, Mato Grosso não atrasou salário. Infelizmente tivemos que dividir o reajuste geral anual (reposição da inflação) em dois pagamentos. Mas a prioridade é folha de pagamento e concretizar políticas públicas”, disse.

O secretário Marrafon, por sua vez, criticou o modo como a União vem conduzindo a crise, pois na avaliação dele, o cenário se tornou muito pior do que o esperado. Em vez de uma situação de estagnação, que era o cenário com o qual o governo de Mato Grosso trabalhava, o Brasil terá recuo na economia.

“É importante dizer que tudo o que a presidente está dizendo que vai fazer a partir de agora, grande parte a gente já antecipou e já fez. É isso que está garantindo uma situação de equilíbrio. Senão a gente já estaria morto desde maio ou junho, porque a gente não imaginava que a crise nacional fosse tão forte. O Brasil vai diminuir 2,6%. É uma situação drástica que não previmos. Então ela não tem condições de dar conselho para a gente”, declarou.
olhardireto

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE