Paranatinga, 24 de Janeiro de 2020

Política

"VÃO BATER DURO"

"Emanuel será vítima de muitas armações; querem derrubá-lo”

Publicado 05/12/2019 15:56:41


CÍNTIA BORGES E DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O deputado estadual Romoaldo Júnior (MDB) afirmou que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ainda deve ser vítima de diversas “armações” políticas nos próximos meses. Ele justifica que o "bom trabalho" desempenhado pelo gestor faz com que adversários queiram derrubá-lo.

 

Apesar disso, não acredita que o governador Mauro Mendes (DEM) possa estar por trás de alguma ação contra o prefeito.

 

“O Emanuel será vítima de muitas armações. O pessoal quer derrubá-lo. Ele está fazendo um excelente mandato, está tendo uma aprovação popular grande e vão bater duro e pesado nele”, disse o parlamentar nesta quinta-feira (5).

 

A declaração do emedebista foi dada após o prefeito encaminhar à Assembleia um documento em que aponta a existência de um suposto esquema de pressão dentro da Delegacia Fazendária para incriminá-lo. 

 

Emanuel afirma que dois delegados teriam recebido a incumbência de "incriminá-lo" com base em um boletim de ocorrência registrado por uma servidora da Saúde que denunciava uma suposta compra de votos de vereadores para cassar o mandato do também parlamentar Abílio Júnior.

 

 

Eu sou amigo do Emanuel. Ele vai ser vítima de muitas armações. O pessoal quer derrubar ele. Ele está fazendo um excelente mandato, está tendo uma aprovação popular grande e nego vai bater duro e pesado nele

Ocorre que, segundo Emanuel, os delegados se recusaram a dar qualquer tipo de encaminhamento às acusações por entenderem não haver base sólida de provas. Por conta disso, o prefeito afirmou que ambos foram ameaçados de retaliação por parte da diretoria da Polícia Civil.

 

Romoaldo, no entanto, não acredita que o Governo do Estado esteja orquestrando algo contra o prefeito.

 

“Acredito sim que tenha armação por trás e vai haver outras. É preciso tomar cuidado. Mas não acredito que haja o envolvimento de Delegacia, Governo etc. Acho que o governador Mauro [Mendes] tem tanto problema que não tem tempo para ficar pensando em armações contra Emanuel”, disse.

 

Denúncia na AL

 

Em posse das denúncias, Emanuel protocolou na segunda-feira (2), na Assembleia Legislativa, um pedido para que seja investigada a suposta tentativa de articulação, feita na Polícia Civil para prejudica-lo.

 

Romoaldo defende que a Assembleia acompanhe o caso, mas descarta a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

 

“Ele é prefeito da Capital e ex-deputado e a Assembleia tem que ser solidária. A Assembleia tem que ter cautela, acompanhar e pedir investigação, mas acredito não é assunto para fazer CPI”, afirmou.

 

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), uma reunião entre os parlamentares deve ocorrer já na semana que vem. E as acusações de Emanuel devem ser levadas ao Ministério Público Estadual.

 

Paralelo a isso, uma comissão parlamentar deve ser criada para acompanhar as investigações.

 

 

Fonte: midianews

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE