Paranatinga, 16 de Abril de 2021

Mato Grosso

Família suspeita de falsa aplicação de vacina em idoso em Cuiabá

Publicado 24/02/2021 14:14:50


Após aplicação da primeira dose da vacina contra Covid-19 em 12 de fevereiro, a família de Benedito de Barros Santiago, de 88 anos, começou a desconfiar da vacinação. A sobrinha dele, Jakeline Pinho Zaiden, de 34 anos, enviou o vídeo da imunização para amigos e familiares, que perceberam que o líquido não foi aplicado completamente. 

 

Ao MidiaNews, Jakeline contou que o idoso estava muito feliz em receber a primeira dose da vacina e pediu para que ela fizesse um vídeo. 

 

"Mas eu não estava ciente do que estava acontecendo [no resto do País], o desvio das vacinas e etc. Filmei e saí mandando para amigos e familiares. Logo em seguida, duas amigas da área da saúde reagiram ao vídeo, falando que ele poderia não ter sido vacinado porque não viram aplicando o líquido", recorda. 

 

Jakeline então resolveu entrar em contato com outros médicos e enfermeiros para que eles assistissem ao vídeo da vacinação. Ela afirmou que recebeu a mesma resposta: a vacina não havia sido aplicada. 

 

"Disseram que foi muito pouco, que não aplicaram o líquido todo. Na semana passada, meu tio passou mal e precisei levar ele no médico. Mostrei o vídeo no hospital, a médica também disse que a dose não tinha sido aplicada completamente". 

 

Depois de assistir ao vídeo algumas vezes, Jakeline também começou a perceber que o procedimento de imunização não havia sido feito da forma correta. 

 

A aplicação da segunda dose em Benedito está marcada para 12 de março. No entanto, Jakeline ainda pretende buscar auxílio na Prefeitura de Cuiabá e afirmou que o idoso deve passar por um exame de anticorpos. 

 

Por meio de nota, a Prefeitura de Cuiabá informou que as imagens foram encaminhadas às autoridades policiais para análise e perícia, visando não cometer injustiça com os profissionais de Saúde envolvidos. 

 

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde, qualquer tipo de denúncia sobre vacinação será acompanhada pela Pasta. 

 

"O prefeito de Cuiabá reitera que nenhuma prática que incorra em crime irá prosperar na capital mato-grossense. 'Cuiabá é uma cidade solidária, sabe ajudar o outro, e o papel do prefeito é promover esse sentimento de solidariedade, ainda mais num momento histórico como esse', assegurou", diz trecho do posicionamento. 

 

Para facilitar o processo de recolhimento de manifestações relacionadas à campanha municipal de imunização, a Ouvidoria Geral do Município (OGM) montou um posto de atendimento no Centro de Eventos do Pantanal.

 

A Ouvidoria também recebe manifestações por meio do 0800-645-01-56, WhatsAPP (65) 9-9263-9779, e-mail: ouvidoria.cuiaba@cuiaba.mt.gov.br, e em sua sede, localizada Av. Mato Grosso, nº 453.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE