Paranatinga, 14 de Abril de 2021

Geral

Cultivo de planta ajuda a reduzir a zero número de casos de dengue

Publicado 29/01/2016


No município de Sorriso, a engenheira agrônoma Cinthya Cominesi, disseminou uma ideia que tem mostrado bastante eficiente no combate ao mosquito Aedes Aegypti – a cultivação da planta Crotalária. Neste primeiro mês do ano a Secretaria Municipal de Saúde não registrou nenhum caso da doença naquele município.

A profissional explicou que o combate se dá devido à flor da planta atrair a libélula, um inseto, que se alimenta dos ovos e também do mosquito da dengue, inclusive já formado. Os ovos e as lavas existentes na região onde tem a planta são devorados pelo inseto, impedindo a proliferação do Aedes Aegypti.

Ela conta ainda que a libélula tem o mesmo hábito do mosquito da dengue, de botar ovos em locais ou recipientes com água parada. Quando os ovos dela eclodem, as larvas passam a se alimentar das larvas do mosquito da dengue, impedindo o ciclo normal de reprodução do Aedes.

A ideia de cultivar a planta, conta a agrônoma, teve início em um congresso de produtores rurais. Diante dessa informação, o Clube Amigos da Terra passou a fornecer ao município a semente da flor, que atualmente são distribuídas de forma gratuita aos moradores da cidade, pelos agentes de saúde.

O secretario de saúde de Sorriso informou que a medida de plantar a Crotalária, junto com as ações preventivas reduziu à zero, o número de registros de dengue na cidade, neste mês de janeiro. No mesmo período do ano passado a pasta registrou 400 casos e uma morte.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE