Paranatinga, 03 de Junho de 2020

Cidades

Casal reencontra PMs

Casal reencontra PMs que ajudaram a salvar filho engasgado

Publicado 17/04/2019 12:16:49


Um dia após viver o desespero de ver o filho recém-nascido quase morrer engasgado com leite, o casal Osvaldo e Kelly Zavanelli, de Marília (SP), recebeu nesta terça-feira (16) a visita dos dois policiais militares que salvaram o bebê de apenas 21 dias de vida com técnicas de ressuscitação. O sentimento, segundo o casal, era de gratidão.

 

Um dos policiais que estava de plantão no quartel quando os pais chegaram com o bebê desacordado e já roxo pela falta de respiração pode ser considerado um “especialista” em atos de heroísmo.

 

O cabo Renato Taroco, que participou da ação de salvamento do bebê ao lado do colega Robson Thiago de Souza, já recebeu premiação nacional como “herói da vida real” por ter salvo policiais de carro em chamas.

 

No reencontro com os pais do bebê Luiz Henrique, os policiais marilienses receberam o carinho pelo ato de salvamento. Taroco lembra que, no início, pensou estar diante de alguma briga por conta da gritaria do casal na chegada ao quartel.

 

O salvamento foi registrado pela câmera de segurança do quartel. Os pais estavam desesperados e as imagens mostram a agitação deles enquanto os policiais tentavam socorrer o bebê.

 

Bebê reanimado

 

Os pais estavam em casa com o recém-nascido quando ele engasgou com o leite. O casal mora a pouco mais de 500 metros do quartel da PM. Depois de algumas tentativas de reanimar o bebê, sem sucesso, eles decidiram pegar o carro e seguir direto para pedir ajuda.

 

Quase dois minutos e três tentativas de respiração boca-a-boca depois, o recém-nascido foi reanimado.

 

Taroco ainda colocou o bebê perto do ouvido para escutar os batimentos do coração e afirma ter se emocionado quando o cabo Thiago disse: “[O bebê] Voltou, Taroco, voltou!”.

 

"A maior alegria foi ver a criança recobrar a consciência e abrir os olhos, o coração começar a bater novamente e a satisfação de dever cumprido, um alívio", relembra o cabo Thiago.

 

O bebê Luiz Henrique, de 21 dias, está há pouco mais de uma semana em casa com os pais. Após o nascimento, ele ficou internado na UTI para se recuperar de uma infecção.

 

Herói na SWAT

 

Em 2015, quando levantou o carro em chamas para salvar policiais e em seguida foi premiado por seu ato de heroísmo, o cabo Renato Taroco ganhou uma viagem aos Estados Unidos a convite da SWAT, a polícia especializada norte-americana.

 

Em Beaumont, no Texas (EUA), o mariliense tornou-se o primeiro policial brasileiro a receber um “certificado de reconhecimento” assinado pelo tenente Kelly Cole, comandante da SWAT à época.

 

Além do certificado, Taroco também ganhou um curso de treinamento de táticas policiais ministrado por oficiais da SWAT, unidade de elite de polícia dos EUA altamente especializada e treinada para operações complexas.

 

No próximo dia 21, Taroco novamente irá aos EUA para mais um curso de treinamento na SWAT. Segundo o policial, sua intenção é tornar-se uma espécie de “instrutor” para compartilhar os treinos na polícia norte-americana com seus parceiros da PM.

 

Lesões definitivas

 

Depois da operação policial no carro em chamas em 2015, Taroco precisou deixar o trabalho de campo na Polícia Militar por conta das lesões que sofreu ao levantar o veículo. Ele estava de plantão em Oscar Bressane (SP), quando uma ocorrência em Echaporã mobilizou o efetivo da região.

 

 

Fonte: midianews

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE