Paranatinga, 15 de Abril de 2021

Brasil

Operação Lava Jato apreende lista de offshores em empresa que também é alvo da Ararath

Publicado 29/01/2016


Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Operação Lava Jato apreende lista de offshores em empresa que também é alvo da Ararath
 A fase Triplo X da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, apreendeu esta semana uma lista com centenas de empresas abertas por brasileiros em paraísos fiscais, as chamadas offshores. A apreensão foi feita na empresa panamenha Mossack Fonseca, que também é alvo da Operação Ararath, que investiga crimes contra o sistema financeiro em Mato Grosso. 

Não foram divulgados detalhes sobre a participação da empresa nos crimes ocorridos em Mato Grosso. Na Lava Jato, por outro lado, a Mossack foi apontada pelo Ministério Público Federal (MPF) como uma “fábrica de offshores’’ à disposição de empresários e agentes públicos interessados em ocultar bens no exterior. 

De acordo com o jornal O Globo, o escritório brasileiro da Mossack Fonseca na Avenida Paulista, em São Paulo (SP), foi um dos principais alvos da fase Triplo X, que prendeu temporariamente quatro funcionários da empresa. 

Segundo o MPF, “há indícios suficientes de que a Mossack pode ser utilizada na estruturação de operações por meio de offshores, visando à ocultação e à dissimulação da natureza, origem, localização, disposição e propriedade”.

Conforme “O Globo”, a Mossack Fonseca ainda é acusada de financiar ações de terrorismo a serviço dos governos da Síria, da Líbia e do Zimbábue. 

Publicidade Áudio

Enquete

Na sua opinião qual investimento é mais urgente para Paranatinga

CONCLUIR HOSPITAL MUNICIPAL

ASFALTAR BAIRROS

MELHORAR ILUMINAÇÃO

SINALIZAÇÃO DE TRANSITO E RUAS

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE