Paranatinga, 15 de Dezembro de 2019

Agronegócios

PECUÁRIA PROTEGIDA

MT encerra 2ª etapa da vacinação de gado contra febre aftosa na próxima semana

Publicado 21/11/2019 13:18:15


DO ISTO É DINHEIRO

A segunda etapa de vacinação do gado contra a febre aftosa termina no próximo dia 30 na maior parte do Estado de Mato Grosso, alerta a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat). Cerca de 14 milhões de bovinos e bubalinos de até 24 meses de idade devem ser vacinados durante esta etapa, afirma a associação em nota com base em dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea/MT).

 

A exceção fica para as propriedades localizadas no Baixo Pantanal mato-grossense, onde nesta etapa é obrigatória a imunização de todos os bovinos e bubalinos. O prazo é de 1º de novembro a 15 de dezembro para vacinar e comunicar a vacinação junto ao Indea.

 

Após a imunização do rebanho, o produtor deve fazer a declaração da vacinação com a contagem dos animais por idade e sexo, juntamente da Nota Fiscal da compra das vacinas e apresentar no Indea do seu município, até o dia 10 de dezembro.

 

“O pecuarista mato-grossense já está acostumado com o calendário de vacinação, no entanto, deve-se atentar também aos prazos para comunicação. Além disso, a Acrimat sempre orienta os associados para que não deixem para os últimos dias, para evitar as filas nos escritórios do Indea”, informa a diretora executiva da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Daniella Bueno.

 

A multa para quem deixar de vacinar o rebanho dentro do período da campanha é de 1 UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado. O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Oque você mais deseja para o ano de 2020?

ALEGRIA

PAZ

FELICIDADE

PROSPERIDADE

SAÚDE

HUMANIDADE

RESPEITO

AMOR

DIGNIDADE

COMPAIXÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE